A QUEM INTERESSA A LOUCURA DO GOVERNANTE? COMO RESPONSABILIZAR ?

É O QUE TEM PARA HOJE VALOR EU FIM DE SEMANA 28 a 30 maio

A irresponsabilidade é um método de ação no governo dos COISOS.Para Fernando Abruccio (pg 7 Um governo de verdades alternativas) são CINCO os instrumentos deles: uso constante da mentira pública + comunicação maciça nas redes sociais (robôs e mais robôs) + repasse DA culpa a terceiros + a INTRASPARÊNCIA + ação deliberada para limitar, coibir, controlar, sabotar as instituições ou legislação que possam fazer controles democráticos.

A Constituição de 88 permitiu criar instituições e mecanismos de ” controles democráticos” como diz o autor. Mas…a “transição POR CIMA” onde TODOS os crimes da ditadura empresarial militar restaram impunes e são a MATRIZ das áreas cinzentas nas instituições e na legislação. Como é possível que um desqualificado Ricardo Salles arroste as instituições e sequer entregue o celular para a Polícia Federal? Aquela mesma PF que rasgou com faca o sofá na casa de dona Marise-Lula ou conduziu o (corruptissimo sabemos) Sérgio Cabral algemado e acorrentado pelos pés.E quantos tiveram tablets de crianças da família apreendidos ? ou coisas bisonhas no auge do lavajatismo com as pessoas sendo rotuladas e submetidas ao escárnio público.

Mesmo assim os COISOS querem desconstruir ou desmoralizar qualquer obstáculo.( A lista é longa incluindo do IBAMA a Polícia Federal)
E apostam num controle do leniente STF em médio prazo. (um ministro INCRIVELMENTE evangélico já anunciou o COISO.)

Para ter uma visão histórica e interpretativa ler Poder e loucura (PG 5 de José de Sousa Martins) que recorrendo ao Simão Bacamarte de Machado de Assis retoma ‘ louco é sempre quem acha que loucos,idiotas e errados são os outros”.

Esse governo de “verdades alternativas’ considera todo o povo trabalhador brasileiro como OS OUTROS.

Sebastião Neto – dirigente sindical e pesquisador do IIEP (Intercâmbio, Informações, Estudos e Pesquisas).

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta