Uma opinião sobre as manifestações de rua e sobre a necessidade de uma estratégia política multiforme e policêntrica.

As manifestações do sábado passado, 29 de maio, foram um sucesso político e uma demonstração de força dos que se opõem a Bolsonaro. Mesmo considerando as restrições impostas pela pandemia, quebraram o paradigma da interdição das manifestações na rua.
O sucesso animou os setores democráticos incluindo a esquerda.
Precisamos ter claro o conjunto de ações de naturezas distintas que temos daqui para frente.
A rua não pode ser vista como uma espécie de Pomada Minancora. Era um pomada que fazia o maior sucesso na metade do século passado e era vendida como milagrosa, curava tudo. Espinhela caída, dor de cabeça, unha encravada etc…
Temos muitas frentes e temas que não são redutíveis a uma só frente de luta.
A luta no parlamento é importantíssima e a CPI do Senado está indo bem, revelando para a sociedade brasileira os meandros da necropolítica de Bolsonaro.
Temos várias disputas na Câmara e no Senado em torno das reformas neoliberais e do desmonte do Estado. Temos também a grave crise sanitária e a pandemia e a falta de política por parte do governo.
A crise econômica, a miserabilização de grandes parcelas do povo brasileiro, a fome, a questão ambiental, a violência policial sobre as populações que vivem nas periferias, quase todos negros, a questão dos povos indígenas etc…
E, importantíssimo, temos que apoiar o ex-presidente Lula em sua campanha para se afirmar como alternativa a Bolsonaro para as eleições de 2022.
Creio que nosso partido vai ter que definir uma estratégia complexa, policêntrica e multiforme.
Mas a rua talvez acabe polarizando essa multiplicidade de frentes.
Nossos dirigentes e nossa militância devem desenvolver uma grande afinidade com a evolução da conjuntura.
Não vai ser bom errar, para mais, nem para menos.


Juca Ferreira – Sociólogo, foi Ministro de Estado da Cultura nos governos Lula e Dilma.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe uma resposta