Todos partidos democráticos deveriam honrar os assassinados pela ditadura

É O QUE TEM PARA HOJE
EL PAIS 21 JULHO 21

Todos partidos democráticos deveriam honrar os assassinados pela ditadura
(Manchete : Sánchez impulsa la nueva ley de memoria en pleno REVISIONISMO)

O Conselho de Ministros do Estado Espanhol propõe nova lei de memória , para aprofundar e corrigir a legislação (importante, pero que…) do governo Zapatero em 2007.

Claramente a lei coloca a coloca responsabilidade no golpe de estado comandado pelo General Franco contra o governo eleito da República, dando início a Guerra Civil (1936-1939) onde ” metade da Espanha morreu”.Franco ,aliado de Hitler e Mussolini, foi protegido pelas potências do capitalismo no pós-guerra. Com o fim de governo e sua morte foi feita uma vergonhosa transição porcamente pactada.

Pois é, agora novo embate para que TUDO que exalte o Golpe de Estado de 1936 e a ditadura seja revisto : serão feitos exumações para identificação dos vitimados (fuzilados!!!), banco de DNA das vítimas; revisão dos currículos escolares onde se ensine o que foi a ditadura, eliminação de todos símbolos que lembre e exaltem a ditadura.(pg 18 e 19).

Seguramente a imprensona brasileira NÃO DARÁ ESSA IMPORTANTE NOTÍCIA

Pois é, ainda terão que aprovar tudo isso .Mas é uma proposta oficial de governo

Já imaginaram aqui na Pindorama ensinar às crianças e adolescentes o que foi a ditadura e suas consequências?

Ou retirar o nome de ruas e monumentos de verdugos como Castelo Branco e tantos outros?

Pois é , para isto é necessário mas não basta eleger um.presidente.É necessário o compromisso e a vontade política de fazer a JUSTICA DE TRANSIÇÃO
Mais que Verdade e Memória, também JUSTICA E REPARAÇÃO

Ja tivemos governos democráticos que não tiveram vontade política de enquadrar e punir os golpistas de 1964.

Olha o que deu , essas cobras peçonhentas estão aí no DESGOVERNO e espalhad@s pela sociedade.

“Ousar lutar, ousar vencer”

Sebastião Neto – dirigente sindical e pesquisador do IIEP (Intercâmbio, Informações, Estudos e Pesquisas).

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário