Ataques a Lula

Contei ao menos três ataques a Lula na Folha de SP de hoje (14/7), por conta de suas declarações a respeito das manifestações em Cuba, momento em que o ex-presidente aproveitou para defender a recomendação da esmagadora maioria dos países na ONU contra o embargo norte-americano à Ilha socialista.

Ora, para bom observador, a Folha se apresenta como democrática e muito liberal, mas não faz outra coisa senão esconder o espírito reacionário e intervencionista inerente ao liberalismo que sustenta — basicamente de matriz anglo-saxã, sempre estranho aos princípios da “igualdade, liberdade e fraternidade” –, ao exigir de Lula uma crítica ao regime cubano.

A rigor, é a posição de Lula aquela realmente democrática, e isto precisamente porque defende o direito de Cuba à autodeterminação, ponto de partida para uma real democratização entre os povos no mundo moderno.

A Folha só engana incautos.

Marcos Aurélio da Silva, Prof. do Departamento de Geociências e do Programa de Pós-graduação em Geografia da UFSC

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário