Galo e esposa sofrem prisão arbitrária, denuncia advogado

Líder dos entregadores antifascistas e a esposa, Gessica, tiveram prisão preventiva decretada após irem, voluntariamente, depor sobre protesto que queimou estátua de Borba Gato. Após comparecer, nesta quarta-feira (28), para depor à Polícia Civil sobre o protesto no qual uma estátua do bandeirante Borba Gato foi incendiada, no último sábado (24), em São Paulo, o líder dos entregadores antifascistas, Paulo Roberto da Silva Lima, conhecido como Galo, teve a prisão preventiva decretada. A esposa dele, Gessica, que o acompanhava, também foi detida...

Continuar lendoGalo e esposa sofrem prisão arbitrária, denuncia advogado

Tudo certo, como dois e dois são cinco

No Brasil, a nebulosidade que costuma pairar sobre a cena política vem se dissipando e tudo está ficando muito claro e muito transparente. Só não vê quem não quer. O que era apenas intuído e só era perceptível em seus contornos pelos mais argutos, está se revelando com muita nitidez, até mesmo para um observador desatento. E, aos poucos, os sujeitos ocultos começam a ser identificados por todos...

Continuar lendoTudo certo, como dois e dois são cinco

A estátua de Borba Gato e a memória reacionária paulista

Os bandeirantes ainda são tratados como heróis e fundadores da nação, pelo menos no estado de São Paulo. A mitologia Bandeirante celebra o caráter desbravador e, sobretudo, violento de homens aventureiros que impulsionaram um processo civilizatório hediondo que escravizou povos indígenas e sustentou a ordem escravocrata que explorou o trabalho dos africanos...

Continuar lendoA estátua de Borba Gato e a memória reacionária paulista