O CUSTO DE NÃO ROMPER COM A DITADURA

É O QUE TEM PARA HOJE | EL PAIS 1 AGOSTO 21

Charge: Laerte

O CUSTO DE NÃO ROMPER COM A DITADURA

Os países onde as ditaduras acabaram com transições pacíficas, lentas e graduais para a chamada normalidade democrática arrastam problemas nas décadas seguintes.

No Brasil, ao não ter ruptura, não serem investigadas as corrupções no regime empresarial militar, não aplicar a JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO, não condenar os ditadores ,assassinos e torturadores vimos o retorno de um energúmeno dos fardados chefiando o DESGOVERNO. Além de relocalizar militares da ATIVA em postos chaves e como tem sido divulgado muitos estão se dedicando a ROUBAR ,se corromper. Ratos roedores do dinheiro público protegidos POR ENQUANTO por uma aliança do “partido militar” + o pior da representação política parlamentar (o tal CENTRÃO)+ os interesses das classes altas + a benevolência das instituições.

Aqui o “bloco pachola do custa mas vai” , esse Brasil brasileiro acabará por se livrar desse DESGOVERNO alguma hora.

Na ESPANHA o fascista Franco nomeou (acreditem !!!) um REI. A monarquia como regime tinha sido EXTINTA nos anos 30. A guerra civil (1936-39) foi entre os REPUBLICANOS que tinham ganhado as eleições e os fascistas apoiados pelos governos de Salazar, Mussolini.e Hitler. Trinta anos depois do fim da guerra civil ,em 1969, o ditador Franco escolhe um pupilo ( fora do que seria a sucessão pela lógica da família real) e o indica como SEU sucessor. Maluquice.Mas essa trampa foi pactada pelas Cortes , o parlamento espanhol. E as chamadas democracias ocidentais foram lenientes enquanto o regime franquista fuzilava, prendia,torturava no pós guerra civil e manteve os opositores por décadas na prisão ou exílio. Quando feita essa transição malandra, PACTADA ,LENTA ,GRADUAL E SEGURA o mundo ocidental bateu palmas.Era a normalidade.

Só que…o Rei nomeado Juan Carlos I fez muita trapalhada. Posou para fotos matando elefantes em Botsuana, vários casos extra conjugais ( rei tem q ter respeitabilidade, não é Charles?) e, afanou
mucha plata.
Resumo , o cara ABDICOU e colocou o filhinho no trono.La nave va !

O tal REI está foragido nos Emirados Árabes Unidos (dos menos democráticos países do mundo, sob qualquer critério) e como mostra a matéria do EL PAÍS (pgs 14 a 16) encalacrado sob as evidências de levar uma grana boa da Arábia Saudita (e outros rolos) como facilitador de obras para empresas espanholas.

É assim quando não se passa um país a limpo.

Aqui, quando o ditador GEISEL anunciou a “transição lenta,gradual e segura” muita gente “democrática” embarcou nessa. Certos estavam os que RECUSARAM pactar.
E, a rigor, as nossas elites CONSEGUIRAM fazer a transição sem crises.
A ditadura, os ditadores, os corruptos ,os torturadores continuaram IMPUNES.

Que a gente quando nos livrarmos desse atual DESGOVERNO, não vacilemos.

Ter juízo não é pactar com medo dos milicos terem uma recaída.

Ter juízo é ter siso como diziam as avós, é fazer as coisas direito, viu?

Escrevi direito e não pela direita.😉

” Agora nós vamos pra luta ,agora nós vamos ganhar”
(Hino da Corrente Sindical LAVRADORES UNIDOS de Santarém-PA)

Sebastião Neto – dirigente sindical e pesquisador do IIEP (Intercâmbio, Informações, Estudos e Pesquisas).

Apoie a REDE IIEP!

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário