Ciro e o PDT: uma breve análise histórica

Segue abaixo pesquisa feita por Nanda Jaya sobre a atuação de Ciro Gomes e o PDT desde a década de 90 a atualidade:

A maioria do PDT votou a favor da terceirização.
O PT inteiro votou contra.

“Onde está o centro no plano da representação? Levantamento recente feito pelo Observatório do Legislativo Brasileiro das votações nominais no Congresso brasileiro mostra altíssimo nível de governismo na Câmara e no Senado. Os únicos partidos na Câmara consistentemente oposicionistas são o PT e o PSOL.

O centro é habitado por Rede, PDT e PSB. Todo o resto da Câmara vota com o governo, quase sempre. “

Marcio França bajula Bolsonaro

Entreguismo da base de Alcântara!

PDT vota contra o trabalhador de novo e vota pela retirada de adicional em domingos e feriados.

PDT deu oito votos favoráveis à reforma da Previdêcia, por volta de 35% do partido.

A gente sabe bem como o Cid Gomes, parceiro do Jereissate, votou na privatização da água, né?
PDT se fez de sonso e liberou a bancada, como sempre.

Mais de 35% do PDT votou a favor do Teto de Gastos.

Há uma crescente influência de pautas de direita, infiltradas em partidos de esquerda.
Vamos analisar a forma como votaram/ se posicionaram os nossos candidatos, pra não elegermos cavalos de troia.

PSB – 48 candidatos
PDT – 29 candidatos
PT – 13 candidatos
PCdB- 8 candidatos
PSOL – 6 candidatos

Aliança com PSDB

Alianças espúrias mostram o quanto que Cirão está “disposto a ceder”. Critica o PT, mas faz pior… DEM???

Eleições de 2020 colocam o PDT à direita.

Ex vice lider do PDT agora é o maior Defensor do Governo. Bolsonaro na CPI da covid.

Ciro queria privatista como vice.

Enquanto que o PT proibiu tais alianças.

Nanda Jaya também fez uma pesquisa sobre o histórico administrativo do Ciro e o que viu foi um perfil neoliberal agressivo.
Seguem infos:

Ciro era do PSDB e participou da implementação do Real, como Ministro da Fazenda, em 1994, dando continuação ao FHC e Ricupero, no governo Itamar. Sua gestão foi a precursora de muitos desastres
Durante a gestão de Ciro, houve um processo de internacionalizacão da economia, com abertura ao mercado externo, privatizações e dolarizacao artificial, afogamento dos bancos estaduais, criação da ALCA e aproximação ao FMI.

Gestão de Ciro com Itamar: muita maquiagem econômica pra eleger FHC.

Enquanto ministro, Ciro postula a privatizações e alinhamento com FMI.

Embraer privatizada na gestão de fazenda do Ciro

Ciro participou da criação da ALCA.

Intervenção que levou o banerj e banespa a serem privatizados.

Ciro também é pai do Proes e Proer, que ocasionaram a destruição dos bancos estaduais e o rolamento da dívida milionária .

A inflação acumulada de 1994 foi de 1.093,8%

Análise da gestão neoliberal do Ciro, durante a implementação do Real, enquanto ainda era PSDB

Era FHC:
Bancos da era FHC
Análise final
Crise energética

Em 2018, Ciro seguia sendo uma ameaça às estatais.
“O assessor econômico de Ciro Gomes (PDT), Mauro Benevides Filho, afirmou que, de 148 estatais brasileiras existentes hoje, cerca de 77 poderiam ser privatizadas em um eventual governo do pedetista.”

Por Nanda Jaya

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário