A síndrome de Poliana

Durante quanto tempo se sustentaria um governo de mãos amarradas, autorizado apenas a ir tocando medidas assistenciais e algo mais? Poliana é um clássico da literatura infanto-juvenil, da estadunidense Eleanor Porter, publicado originalmente em 1913. A personagem Pollyanna é uma mocinha que se guia pelo empenho gentil e crédulo de sempre procurar o “lado bom” em tudo. No Brasil o livro popularizou o termo “poliana”, que se transformou em adjetivo. Ainda que a maior parte dos dicionários mais populares não registrem o verbete, ele pode ser encontrado ...

Continuar lendoA síndrome de Poliana

A FACE DE JANUS NO PT DO CEARÁ: SUPERAR O BLOQUEIO FISIOLOGISTA PARA CONSTRUIR O FUTURO

O apelo à conotação simbólica é especialmente relevante na política, pois tem o mérito de condensar numa imagem camadas de significados e de processos. Janus, deus romano das mudanças e transições, dos inícios instituintes,  detinha uma visão dúplice sobre  o passado e o futuro, o que lhe conferia um poder singular no plano da realidade e sobre outros homens.  Longe de mim a pretensão de evocar poderes místicos ou mesmo de estabelecer elos com o insondável, muito pelo contrário: evoco-o para sublinhar o papel da ciência e da arte políticas como instrumentos da vontade consciente no rumo da mudança. Afinal é por meio da política que podemos alterar a realidade, levar as forças populares à vitória...

Continuar lendoA FACE DE JANUS NO PT DO CEARÁ: SUPERAR O BLOQUEIO FISIOLOGISTA PARA CONSTRUIR O FUTURO

O Perigoso Cinismo do Império

Foi o que prometeu o então Secretário de Estado dos EUA, James Baker, a Mikhail Gorbachev, na reunião de 9 de fevereiro de 1990 para tratar da reunificação da Alemanha. Com efeito, em troca da aceitação da unificação da Alemanha por parte da então União Soviética, os EUA prometeram a Gorbachev que a OTAN não se expandiria nem uma polegada para o Leste e permaneceria nos limites da Europa Ocidental...

Continuar lendoO Perigoso Cinismo do Império

ATACAR SÉRGIO MORO É UMA BOA ESTRATÉGIA?

As últimas pesquisas mostram que Sérgio Moro não convence. Mesmo com padrinhos influentes na mídia, que o sustentam há anos, como se vê agora na sua enésima capa da Veja, o ex-juiz não decola e frustra os planos da terceira via. Como tal, opinam alguns, mereceria ser ignorado. No campo jurídico esse impasse do cômputo político também aparece, de que críticas podem evidenciá-lo e, ao fim, beneficiá-lo de forma inversa...

Continuar lendoATACAR SÉRGIO MORO É UMA BOA ESTRATÉGIA?

Eleições 2022 no Brasil e no Rio Grande do Norte

Estamos apenas na segunda semana de 2022 e já se confirmam as previsões sobre os imensos desafios dos setores populares e de esquerda para as eleições de outubro. Bolsonaro segue aplicando seu programa, colocou todas as dificuldades que pôde para a vacinação das crianças, fala em sair do país caso perca as eleições (nitidamente confessando seus crimes), e a contaminação pela Covid 19 voltou a bater recordes (com mortes controladas graças à vacinação, apesar do jogo contra do governo federal). Não há sinais de melhora imediata nas condições de vida da maioria do povo brasileiro...

Continuar lendoEleições 2022 no Brasil e no Rio Grande do Norte

O PT: Socialismo e Marxismo

Tornou-se corrente a condenação do marxismo e o uso do conceito ambíguo de “socialismo democrático” após os acontecimentos do Leste europeu e as alterações que ocorrem na União Soviética. A condenação do marxismo é extemporânea e seria inconcebível qualquer manifestação do socialismo que não fosse democrática. A questão que se põe possui significado diverso. Surgiu, a partir de sindicatos, confederações operárias e partidos políticos da esquerda européia, uma forte pressão ideológica para que os movimentos sociais da periferia adotem modelos social-democráticos. O que se auto-proclama como socialismo, na Europa, reduz-se a uma social-democracia pequeno-burguesa deturpada....

Continuar lendoO PT: Socialismo e Marxismo

Quem é o trabalhador brasileiro?

A pergunta não é descabida nem simples de responder. Já não vivemos mais a era em que o emprego formal, com proteções e garantias sociais, representava a forma dominante de exploração da força de trabalho: o neoliberalismo transformou esse cenário. Hoje, há muitas relações de trabalho informais e precarizadas, além de muitas pessoas desocupadas ou subutilizadas. Mas muitos concebem o trabalhador como sendo o assalariado celetista, cujo arquétipo, aliás, é o proletário — o operário industrial. Logo, pode haver dificuldade em se identificar, no contexto atual, quem é o trabalhador...

Continuar lendoQuem é o trabalhador brasileiro?

Combater o aumento abusivo dos combustíveis.

Porque Lula tem razão? Assistimos já no início de 2022 novos aumentos dos combustíveis e do gás de cozinha no Brasil. Logo em seguida, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou este tipo de política adotada pelo atual governo federal que eleva cada vez mais os preços, em especial dos combustíveis e da energia elétrica, principais responsáveis pelos altos índices de inflação.

Continuar lendoCombater o aumento abusivo dos combustíveis.

7 prisioneiros

Assisti há pouco o filme 7 prisioneiros (2021, dirigido por Alexandre Morato, Netflix). Resumo: quatro rapazes da região de Catanduva viajam para a cidade de São Paulo, para trabalhar e melhorar de vida. O que os espera é uma descida ao inferno. Frente à situação, um dos rapazes vai tendo que escolher entre lutar ou se adaptar...

Continuar lendo7 prisioneiros