Judicialização da avaliação da CAPES: um freio necessário à irrazoabilidade e ilegalidade.

Você já se imaginou estar jogando uma partida de futebol e, ao final do jogo, o juiz define que quem ganhou é quem mais tocou com a mão na bola? Pois é, definir as regras ao final da partida não é razoável, justo ou legal; não é mesmo?! Então, a avaliação da pós-graduação stricto sensu brasileira (programas de mestrado e doutorado), feita pela CAPES, tem sido assim conduzida: os critérios de avaliação são definidos ao final do período avaliado, o que não é razoável, não é legal, por isso, precisa ser freado....

Continuar lendoJudicialização da avaliação da CAPES: um freio necessário à irrazoabilidade e ilegalidade.